MOBILIZAÇÃO

Servidores do Tribunal de Justiça paralisam as atividades para cobrar plano de cargos e carreira

Apenas serviços considerados essenciais foram mantidos. As atividades devem voltar na próxima sexta-feira

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/03/2015 às 11:53
Leitura:

Cerca de sete mil servidores do Poder Judiciário lotados em 465 unidades judiciais do estado paralisaram as atividades nestas quarta e quinta-feira (18 e 19/03). Eles reivindicam um novo plano de cargos, carreiras e salários, já que, segundo eles, o atual está defasado.

Durante a manhã, o Fórum Rodolfo Aureliano, que fica em Joana Bezerra, registrava pouca movimentação. A exceção ficou por conta daqueles que lidam com serviços considerados de extrema importância para a população, como questões referentes à saúde, alimentação, réus presos, e aquelas que tratam de crianças e adolescentes.

A principal queixa dos servidores é de que o plano já foi traçado, mas ainda não tem data para ser implementado. De acordo com o sindicato, os funcionários lotados em Pernambuco recebem a menor remuneração do país.

Ralf Muniz, servidor do TJPE e um dos organizadores da paralisação, explica a pauta de reivindicações da categoria:

Mais Lidas