ANIMAIS

Inquilina abandona 100 cães e proprietário do imóvel se vê obrigado a cuidar dos animais em casa na Encruzilhada

O proprietário diz que não tem condições de suportar os custos deixados e que pensa em demolir o imóvel

Da Rádio Jornal; atualizada às 17h
Da Rádio Jornal; atualizada às 17h
Publicado em 19/03/2015 às 14:32
Leitura:
Foto: Júnior Viana / Cortesia


O proprietário de uma casa na Encruzilhada, na Zona Norte do Recife, tomou um susto ao conseguir na Justiça o direito de utilizar o imóvel, nesta semana.

Gustavo Pereira ingressou na Justiça com uma ação de despejo da inquilina que morava no local há 7 anos e, nos últimos três, não vinha pagando o aluguel. Ao tomar posse da casa, herdou a responsabilidade de cuidar de mais de 100 cachorros abandonados pela antiga cuidadora que, agora sem casa, não teve como levar os animais. Dentro do imóvel, um cenário de destruição, sujeira e mal cheiro provocado por fezes espalhadas nos cômodos.

Sensibilizado com o descaso, o empresário tem dado atenção ao animais enquanto busca solução. O proprietário diz que não tem condições de suportar os custos deixados, e que pensa em demolir o imóvel.

Um promotor de Justiça foi até a casa ver em que condições estão vivendo os cães. O Ministério Público de Pernambuco atribui à Prefeitura do Recife a responsabilidade de acolher estes animais. O coordenador da área ambiental do MPPE explica que ações imediatas devem ser realizadas neste caso. Ele acredita ainda que a situação possa abrir precedente para a concretização efetiva da defesa dos animais.

Em nota, a Secretaria Executiva de Direitos dos Animais (Seda) informou que vai encaminhar uma equipe para avaliar a situação dos animais. Outra medida é orientar o dono do imóvel a cadastrar os cães para adoção em evento a ser realizado no próximo dia 29.

Mais Lidas