CHUVA

Moradores reclamam de demora na remoção de entulhos em Lagoa Encantada

Em três moradias interditadas ainda permanecem os trabalhos de remoção de entulhos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 20/03/2015 às 13:52
Leitura:

Moradores de localidades próximas de encostas voltaram a sentir medo com o volume da chuva registrada nesta madrugada. Em Lagoa Encantada, na Zona Sul do Recife, 15 dias depois de um deslizamento que atingiu quatro casas, algumas pessoas foram passar a noite na casa de vizinhos. O vigilante Luiz Carlos da Silva, morador do número 875, da Avenida Doutor Benigno Jordão de Vasconcelos, conta como foi a noite. Ele teme que um muro de arrimo, construído há 30 anos, não suporte a chuva e ceda soterrando a família dele.

Em três moradias interditadas ainda permanecem os trabalhos de remoção de entulhos. Ainda no local, duas casas no alto da barreira, apontadas com risco de desabamento em vistoria da Defesa Civil do Recife, ameaçam moradias. Apenas lonas plásticas foram instaladas.

Sobre as queixas, a Secretaria Executiva de Defesa Civil do Recife informa que os moradores não permitiram o uso de máquinas, sendo assim, seis funcionários atuam na remoção manual diariamente. Já em relaçãoa à família do vigilantes, a Defesa Civil informou que os moradores foram orientados a desocupar a casa de forma preventiva até que seja finalizada a avaliação geológica da encosta. Após esse estudo, novos encaminhamentos serão definidos junto aos moradores. A casa de número 46, na Rua Maria Marta Tenório, foi demolida. Já na Rua Rio Verde, os moradores da casa de número 92 precisam retirar a os pertences para que o trabalho seja finalizado na próxima segunda-feira (23).

Mais Lidas