SAÚDE

Pernambuco é o segundo Estado do País com maior taxa de mortalidade devido à tuberculose

O alto número de incidência da tuberculose é reflexo do abandono do tratamento. Pernambuco registra uma taxa média de afastamento de 11%, enquanto o esperado pelo Ministério da Saúde é abaixo de 5

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 23/03/2015 às 16:25
Leitura:
Foto: Reprodução / Internet


“Tuberculose: diagnosticar, tratar e curar” é o tema lançado pela Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco para chamar a atenção do público para o Dia Mundial de Combate à Tuberculose, que acontece nesta terça-feira (24). Municípios como Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Paulista e Cabo de Santo Agostinho vão realizar atividades de mobilização social e busca ativa de casos, além de palestras e capacitações.

Pernambuco ocupa, atualmente, o quarto lugar no Brasil em taxa de incidência da doença, e o segundo lugar em mortalidade. Anualmente são registrados cerca de 4.500 novos casos no Estado, com uma média de 350 mortes. Entre as capitais brasileiras, Recife é a terceira em taxa de incidência e a primeira em número de óbitos.

A coordenadora do Programa de Controle da Tuberculose da Secretaria, Cândida Ribeiro, comenta que um dos objetivos da campanha é orientar sobre os sintomas da doença.

O alto número de incidência da tuberculose é reflexo do abandono do tratamento. Pernambuco registra uma taxa média de afastamento de 11%, enquanto o esperado pelo Ministério da Saúde é abaixo de 5%.

A tuberculose tem tratamento gratuito e feito em postos de saúde. Os sintomas clássicos da doença são tosse persistente, febre vespertina, suor noturno, falta de apetite e emagrecimento.

Mais Lidas