CRIME

Homem que trabalhava como palhaço em festas infantis é preso suspeito de pedofilia

Jonatas Wellici Soares Magalhães foi detido em flagrante na frente da casa de uma das vítimas em Jardim Atlântico

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/03/2015 às 14:00
Leitura:
Foto: Reprodução / Internet


Já está no Cotel, em Abreu e Lima, à disposição da Justiça, um homem de 31 anos que trabalhava como palhaço em festas infantis. Jonatas Wellici Soares Magalhães, conhecido como Palhaço Bolinha, foi preso suspeito de pedofilia na madrugada desta quarta-feira (25), no bairro de Jardim Atlântico, em Olinda. De acordo com a Polícia Civil, ele tentou abusar sexualmente de crianças que conheceu em uma festa de aniversário que aconteceu no último sábado (21).

Jonatas trocava mensagens pelo aplicativo de celular whatsapp com meninas de idade entre 10 e 12 anos. Nas mensagens enviadas, ele mandava fotos pelado, áudios eróticos e perguntava se as garotas já se depilavam, se já tinham beijado e menstruado.

O delegado Sérgio Fernando Nunes afirma que o caso vai ser encaminhado para a Delegacia de Polícia da Criança e do Adolescente (DPCA). Jonatas Wellici se defende dizendo que tem problema mental.

Ele foi detido em flagrante na frente da casa de uma das vítimas, por volta das 2h desta quarta, quando caiu na armadilha da irmã de uma das garotas, que se passou pela menina e marcou um encontro com o suspeito, junto com a polícia.

O suspeito foi autuado por aliciar crianças e pode pegar pena de 1 a 3 anos de reclusão. Segundo a polícia, ele é natural de São Paulo e teria uma viagem marcada de volta para a cidade nesta quarta. Pais ou responsáveis que queiram fazer algum tipo de denúncia relacionada ao caso podem ligar para o Disque-Denúncia pelo 3421-9595. O anonimato é garantido.

Mais Lidas