INVESTIGAÇÃO

Graça Foster depõe por mais de 7 horas em CPI da Petrobras

Foster comentou que está sentindo um misto de vergonha e revolta por não ter conseguido identificar a corrupção na empresa.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/03/2015 às 9:53
Leitura:
Foto: Divulgação


A ex-presidente da Petrobras, Graça Foster, falou por mais de sete horas nessa quinta-feira (26), em depoimento na CPI do Congresso que investiga denúncias de corrupção na petroleira. Foster disse que o grande descobridor da corrupção foi a Polícia Federal. "Fomos surpreendidos pela Operação Lava Jato". Ela também comentou que está sentindo um misto de vergonha e revolta por não ter conseguido identificar a corrupção na empresa.

Confira o comentário diário de Romoaldo de Souza, repórter da Rádio Jornal em Brasília, publicado no Redator de Plantão desta sexta-feira (27). O programa é transmitido da segunda ao sábado, das 6h às 6h45.

Mais Lidas