SAÚDE

Moradores de Camaragibe protestam pela reabertura da Maternidade Amiga da Família

Comunidade alega que, com a falta da unidade de saúde, os bebês estão nascendo em outras cidades

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 31/03/2015 às 11:26
Leitura:
Maternidade está fechada desde o dia 31 de dezembro. Foto: Rafael Carneiro/Rádio Jornal

Cansados de esperar pela reabertura da Maternidade Amiga da Família, moradores de Camaragibe realizaram um protesto pacífico nesta terça-feira (31). Vestidos com roupas pretas e munidos com carros de som, cartazes e panfletos, cerca de cem pessoas caminharam pela Avenida Belmino Correia, principal via da cidade, em protesto pela reabertura da unidade, que está fechada desde dezembro.

De acordo com o presidente da Associação de Moradores de Santa Teresa, Roberto Dutra, o prazo para a reforma era de 90 dias e teria se esgotado nessa segunda-feira (30). Ele afirma que os moradores estão sendo encaminhados para cidades como São Lourenço da Mata, Jaboatão, Paulista e até vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul do Estado.

A dona de casa Juciara Brito teve que levar a filha grávida para ter a criança em Vitória de Santo Antão. "Quando essa maternidade estava aberta, o atendimento era ótimo", lembra.

Por ano, a unidade atende 6 mil pessoas. Ainda de acordo com o líder do movimento, nem o anexo da maternidade está funcionando, uma promessa da gestão da cidade. Saiba mais na reportagem de Rafael Carneiro:

Mais Lidas