INVESTIGAÇÕES

Nem tubarão, nem jacaré: IML diz que surfista foi atacado por animal não identificado

De acordo com Antônio Barreto, diretor do IML, a arcada dentária do tubarão faria outros tipos de ferimento

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/04/2015 às 17:55
Leitura:
Foto: Diego Nigro / JC Imagem


O Instituto de Medicina Legal (IML) divulgou, nesta quarta-feira (1º), o laudo onde atesta que o ferimento do surfista Diego Gomes Mota, de 23 anos, não é compatível com ataque de tubarão.

De acordo com Antônio Barreto, diretor do IML, a arcada dentária do tubarão faria outros tipos de ferimento. O órgão não conseguir identificar que animal atacou o jovem.

Depois do ataque, integrantes do projeto Propesca afirmaram que as chances de um jacaré ter atacado o surfista eram muitos grandes. Por outro lado, Diego Gomes afirma que viu um tubarão e que chegou a chutá-lo.

O surfista Diego Gomes Mota, de 23 anos, foi atacado na praia de Del Chifre, em Olinda. O homem sofreu ferimentos na perna esquerda e foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento da cidade. Logo após, foi transferido para o Hospital Miguel Arraes.

Mais Lidas