TRABALHO

Ministério Público do Trabalho solicita nova interdição da empresa Contax

Entre as principais irregularidades verificadas pela fiscalização estão a falta de higiene e o assédio moral

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 06/04/2015 às 16:43
Leitura:
Foto: acervo JC Imagem


O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) solicitou à Justiça que realize a interdição da Contax. A empresa havia sido interditada no dia 20 de janeiro, mas, dois dias depois, as atividades foram retomadas.

Devido à lista de irregularidades da empresa, a Procuradoria do Trabalho, que está à frente do caso, acredita que a liminar que restabeleceu o funcionamento da Contax não deve ser mantida.

Entre as principais irregularidades verificadas pela fiscalização do trabalho estão a falta de higiene, o não fornecimento de equipamentos de proteção individual e o assédio moral por parte dos supervisores.

Mais Lidas