CÂMARA

Aprovação do projeto da terceirização representa derrota das centrais sindicais

Segundo Carlos Eduardo Azevedo, do Ministério Público do Trabalho, terceirizados trabalham mais e ganham muito menos.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/04/2015 às 8:42
Leitura:

A Câmara dos Deputados aprovou, na noite dessa quara-feira (8), o projeto da terceirização da mão de obra, por 324 votos contra 137. A medida foi defendida por empresários e criticada por centrais sindicais, partidos como o PT e o PSOL e o Ministério Público do Trabalho (MPT). Segundo Carlos Eduardo Azevedo, presidente da associação de procuradores do MPT, os trabalhadores terceirizados trabalham mais, ganham muito menos e se acidentam muito mais. "Isso é ruim para a sociedade sob todos os aspectos".

Confira o comentário diário de Romoaldo de Souza, repórter da Rádio Jornal em Brasília, publicado no Redator de Plantão desta quinta-feira (9). O programa é transmitido da segunda ao sábado, das 6h às 6h45.

Mais Lidas