EDUCAÇÃO

Baixa adesão de escolas marca o segundo dia de paralisação dos professores

Nesta sexta-feira (10), os professores devem se reunir em assembleia às 15h, no Clube Português

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/04/2015 às 15:43
Leitura:
Foto: Michele Souza / JC Imagem


No segundo dia de paralisação dos profissionais em Educação da Rede Estadual de Ensino de Pernambuco, apenas 612 escolas aderiram ao movimento, de acordo com a Secretaria de Educação. Os alunos da Escola de Referência São Judas Tadeu, localizada na Campina do Barreto, na Zona Norte do Recife, não foram afetados pela paralisação porque todas as atividades foram mantidas.

Em entrevista ao repórter Rafael Carneiro, a dona de casa Lenira Espírito Santo, que levou o filho ao colégio, detalha o alívio que sente ao saber que os estudantes não vão ser prejudicados.



Contrariando a previsão do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco, a adesão da paralisação foi abaixo do esperado. Apenas 59% das unidades de ensino paralisaram as atividades. A mobilização desta quarta (8) e quinta-feira (9) é um protesto contra a aprovação do projeto de lei que corrige o piso salarial do magistério.

Nesta sexta-feira (10), os professores devem se reunir em assembleia às 15h, no Clube Português. O objetivo é definir se entram ou não em greve por tempo indeterminado.

Mais Lidas