PUNIÇÃO

Ministério Público aciona Procon para apurar prática de cartel nos preços das “autoescolas”

O sindicato e o presidente que representa a categoria foram multados em mais de R$ 350 mil

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 09/04/2015 às 6:37
Leitura:

As autoescolas são acusadas de praticar preços semelhantes prejudicando a livre concorrência e o futuro motorista. O Conselho Administrativo de Defesa Econômica do Ministério da Justiça (CADE) analisou o cenário no Recife. Constatada a irregularidade, o Sindicato que representa os Centros de Formação de Condutores e o respectivo presidente foram condenados.

A multa para a entidade é de R$ 319.230,00 e para Luiz de Oliveira Lima Filho cerca de R$ 32.000,00. O advogado dos multados, Hisbelo Oliveira Silva, diz que a decisão é fundamentada numa grande mentira.

A promotora de Defesa dos Direitos do Consumidor, Liliane Rocha, diz que os excessos devem ser denunciados. Ela garante que não há perseguição aos acusados:

Mais Lidas