POLÍTICO

Investigado na Operação Lava Jato, Pedro Corrêa vai ser transferido para Curitiba nesta segunda

O ex-deputado e ex-presidente do PP está preso em Canhotinho, no Agreste do Pernambuco, condenado no Mensalão

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/04/2015 às 16:06
Leitura:
Foto: Reprodução / Internet


O ex-deputado e ex-presidente do PP, Pedro Corrêa, vai ser transferido para um presídio em Curitiba às 6h desta segunda feira (13). O sistema prisional vai levá-lo, neste domingo (12), do presídio em Canhotinho, no Agreste, para o Cotel.

O assessor de Comunicação da Polícia Federal, Giovani Santoro, dá detalhes de como será feita a transferência. Ainda não se sabe se Pedro Corrêa usará algemas, será uma avaliação feita pelos próprios policiais:

Pedro Correa é acusado de receber mais de R$ 5 milhões da Petrobras e está cumprindo pena no regime semi-aberto após ter sido condenado no processo do Mensalão.

LAVA JATO - A Operação foi deflagrada pela Polícia Federal em março de 2014 e investiga um esquema milionário de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A última fase da operação foi deflagrada umpriu 18 mandados judiciais em 16 de março. Outras duas pessoas foram presas em São Paulo e no Rio de Janeiro, 11 dias depois.

A atual fase da investigação foi feita a partir da remessa das apurações do Supremo Tribunal Federal sobre fatos criminosos atribuídos a 3 grupos de ex-agentes político.

LEIA MAIS
Ex-deputado Pedro Corrêa tem novo mandado de prisão. Desta vez, pela Operação Lava Jato

Mais Lidas