MOBILIDADE

Com mais de um ano de atraso, Túnel da Abolição é aberto

O túnel é uma das obras do corredor Leste/Oeste. A sua ordem de construção foi assinada em 2013, com previsão de entrega para janeiro de 2014.

Postado por Amanda Duarte; atualizada às 15h50
Postado por Amanda Duarte; atualizada às 15h50
Publicado em 12/04/2015 às 15:00
Leitura:
Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem


Após um ano e quatro meses de atraso, o Túnel da Abolição, no bairro da Madalena, na Zona Norte, foi aberto para o tráfego de veículos na manhã deste domingo (12). O túnel é uma das obras do corredor Leste/Oeste. A sua ordem de construção foi assinada em 2013, com previsão de entrega para janeiro de 2014. A obra teve o investimento de R$ 16 milhões e deve comportar um fluxo de 8.250 carros por hora.

A construção do Túnel bloqueou a Rua Real da Torre para os motoristas que desejavam seguir para o bairro de Afogados. Eles eram obrigados a fazer um retorno pela Rua José Osório e pela própria Avenida Caxangá para conseguir seguir para o bairro da Zona Oeste e até mesmo para partes do bairro da Madalena, na Zona Norte. Os congestionamentos na área eram diários.

Com a abertura do túnel, a circulação das vias do entorno, nos bairros da Torre e da Madalena, será alterada. O condutor trafegar pela Rual Real da Torre, no sentido Aeroporto, Afogados e Cidade Universitária, ao entrar no túnel deve se manter na faixa da direita. Quem vai utilizar a mesma via para chegar ao Centro e à Boa Viagem, deve optar pela faixa da esquerda. O motorista que vai para a avenida Caxangá, no sentido Camaragibe, deve-se manter na faixa da direita, sem entrar no túnel.

Já a rua José Osório, que atualmente tem a circulação no sentido avenida Beira Rio/avenida Caxangá, volta a ter sentido duplo de circulação.

AVENIDA CAXANGÁ - O usuário que adentrar a avenida Caxangá na via da direita, no sentido Centro, e que tem como destino os bairros do Aeroporto, Afogados, Prado e Cidade Universitária, deverá utilizar as vias da rua João Ivo da Silva, obedecendo o seguinte:

» Sentido Prado e Cidade Universitária – ao chegar no cruzamento da avenida Caxangá com a rua João Ivo da Silva, utilizar a primeira entrada da mesma via e seguir em frente.

» Sentido Aeroporto – ao chegar no cruzamento da avenida Caxangá com a rua João Ivo da Silva, utilizar a segunda entrada da mesma via (ao lado do Bradesco) e seguir em frente.

ÔNIBUS - De acordo com o Consórcio Grande Recife, 15 linhas que realizavam trajeto temporário pela rua José Osório e avenida Caxangá voltam a trafegar pela rua Real da Torre, atravessando o túnel em direção à rua João Ivo da Silva.

Com a mudança, essas linhas deixam de parar no ponto de ônibus nº 080050, localizado na rua José Osório (do lado oposto à loja de veículos Auto Max) e passam a atender as paradas nº 180429 e nº 180427, ambas na rua Real da Torre. Apenas as linhas 425 – Barbalho (Detran) – Via Maurício de Nassau e 2460 – TI Camaragibe (Príncipe), que seguem para a avenida Caxangá, não tiveram alteração nos itinerários e continuam a atender ao ponto de ônibus na rua José Osório.

» Veja as linhas que tiveram seus itinerários alterados:

Linhas

313 – San Martin (Abdias de Carvalho)
314 – Mangueira
315 – Bongi
321 – Jardim São Paulo (Abdias de Carvalho)
324 – Jardim São Paulo (Piracicaba)
331 – Totó (Jardim Planalto)
332 – Totó (Abdias de Carvalho)
341 – Curado I

Passarão a atender a parada nº 180429, situada na Rua Real da Torre, em frente ao Centro de Formação de Educadores Professor Paulo Freire.

411 – Estrada dos Remédios
413 – Avenida do Forte
680 – Vasco da Gama/Afogados
700 – Beberibe/Afogados
800 – Dois Unidos /Afogados
870 – T.I. Xambá / T.I. Largo da Paz
914 – PE-15/Afogados

Essas linhas de ônibus atenderão a parada nº 180427, localizada na Rua Real da Torre, em frente ao Mercado da Madalena.

Fonte: Portal NE10

Mais Lidas