INVESTIGAÇÕES

Família de Artur Eugênio não acredita que filho do médico Cláudio Amaro Gomes foi o mandante do crime

O advogado da família, Ademar Regueira, afirma que, no entender deles, a nomeação do novo mandante é uma manobra da defesa para tentar excluir o médico Cláudio Gomes da acusação

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/04/2015 às 16:17
Leitura:
Foto: Reprodução / Facebook


A revelação de que o assassinato do cirurgião torácico Artur Eugênio foi encomendado pelo bacharel em Direito, Cláudio Amaro Gomes Júnior, que é filho do primeiro suspeito do crime, o médico Cláudio Amaro Gomes, não convenceu a família da vítima. A declaração de que o bacharel em Direito seria o novo mandante do crime foi feita pelo irmão do acusado, em uma audiência realizada no último dia 26 de março.

A audiência contou com a presença da família de Artur Eugênio, que considerou o ato bastante doloroso devido às novas acusações. A viúva da vítima, Carla Azevedo, garante que os familiares não consideram de maneira alguma a possibilidade do mandante do crime ter sido o filho do médico Cláudio Amaro Gomes.

De acordo com os depoimentos do último dia 26, Cláudio Amaro Gomes Júnior teria encomendado o crime sem a autorização do pai, porque não aguentava mais vê-lo sofrer. Carla Azevedo afirmou, ainda, acreditar em uma tentativa de inversão de papéis. De acordo com ela, os parentes dos réus querem colocar Artur como alguém agressivo ou arrogante e o médico Cláudio gomes, de alguma forma, como a vítima do caso.

O advogado da família, Ademar Regueira, afirma que, no entender deles, a nomeação do novo mandante é uma manobra da defesa para tentar excluir o médico Cláudio Gomes da acusação. Cláudio Júnior e o pai estão presos no Cotel, em Abreu e Lima. O médico Artur Eugênio Azevedo Pereira, de 35 anos, foi encontrado morto a tiros no dia 12 de maio de 2014, às margens da BR 101 Sul, no bairro de Comporta, em Jaboatão dos Guararapes.

LEIA MAIS
Reviravolta no Caso Artur Eugênio pode tirar o médico Cláudio Amaro Gomes da cadeia

Mais Lidas