PROTESTOS

Muitos nem sequer sabem o que significa um impeachment, diz Eduardo Cunha

"Quando um presidente perde a popularidade, a saída não é retirá-lo de forma abrupta. Não é assim que funciona a democracia", continuou Cunha.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/04/2015 às 8:35
Leitura:
Foto: Agência Brasil


O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), declarou nessa terça-feira (14), que é contrário a abertura de processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff. "Quando um presidente perde a popularidade, a saída não é retirá-lo de forma abrupta. Não é assim que funciona a democracia". Ele ainda disse que não se pode tratar o impeachment como uma situação eleitoral. "A maioria nem sequer sabe o signifcado do que é um impeachment. Isso é uma coisa séria, grave"

Nesta quarta-feira (15), os líderes dos protestos de rua contra o PT, vão entregar um pedido para que se abra um processo para tirar a presidenta Dilma Rousseff do cargo.

Confira o comentário diário de Romoaldo de Souza, repórter da Rádio Jornal em Brasília, publicado no Redator de Plantão desta terça-feira (14). O programa é transmitido da segunda ao sábado, das 6h às 6h45.

Mais Lidas