CREMEPE

Entidades médicas se unem para ato contra redução da maioridade penal

O presidente do Conselho Regional de Medicina, Sílvio Rodrigues, afirma que a ideia é unir várias frentes contra a aprovação da proposta.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 24/04/2015 às 11:42
Leitura:

A emenda constitucional, em análise na Câmara dos Deputados, volta a discussão em todo o país mais de 20 anos depois ser apresentada. A comissão especial vai avaliar os prós e contras em fixar em 16 anos a idade mínima de responsabilização criminal.

O projeto será colocado em votação no plenário da Câmara, onde tem que ter no mínimo 308 votos para ser aprovado. Em seguida a PEC vai para o Senado onde irá passar pela Comissão de Constituição de Justiça da casa e duas votações em plenário.

O assunto é polêmico e vários setores da sociedade já se manifestaram contrários a redução da maioridade penal. O ato público chamou atenção de quem passava pela frente na sede do CREMEPE, no Espinheiro. O presidente do Conselho Regional de Medicina, Sílvio Rodrigues, afirma que a ideia é unir várias frentes contra a aprovação da proposta. Saiba mais na reportagem de Clarissa Siqueira:

Mais Lidas