PROTESTO

Manifestantes do Ocupe Estelita fazem novo ato contra projeto de torres na área do Cais

Centenas de pessoas participam de passeata no Centro do Recife até o Cais

Da Rádio Jornal; atualizada às 18h30
Da Rádio Jornal; atualizada às 18h30
Publicado em 05/05/2015 às 17:46
Leitura:
Foto: Reprodução / Direitos Urbanos


Dois atos marcam o fim da tarde desta terça-feira (5) na Câmara de Vereadores do Recife e nas ruas do entorno. Professores da rede municipal de ensino se reuniram para defender resoluções que definem o número de alunos por professores e também em defesa do Conselho Municipal de Educação, assim como manifestantes do Ocupe Estelita.



Portões da Câmara Municipal do Recife foram fechados
Foto: Stephanie Männicke / Rádio Jornal


Por volta das 16h, manifestantes em defesa do Cais José Estelita começaram a se concentrar. A Câmara Municipal do Recife novamente teve os portões fechados e as pessoas não tinham acesso nem ao estacionamento. A Rua do Hospício no sentido Olinda foi interditada até que os cerca de 2 mil manifestantes saíram em passeata até o Cais José Estelita.

Saiba mais com Houldine Nascimento:


Policiais acompanham manifestação na Câmara
Foto: Reprodução / Direitos Urbanos


O plano urbanístico para a área do Cais foi aprovado em votação surpresa na câmara, nessa segunda (4), quando o presidente da Casa, Vicente André Gomes (PSB), colocou o assunto na pauta extra. Nesta terça, o vererador não participou de sessões.

Policiais e o Batalhão de Choque acompanham a passeata. A Prefeitura do Recife emitiu uma nota sobre o assunto:

O Projeto de Lei aprovado por unanimidade na Câmara Municipal do Recife, instituindo Plano Específico para o Cais de Santa Rita, Cais José Estelita e Cabanga, encerra um processo de amplo debate com os diferentes segmentos da sociedade.

Apresentado em janeiro ao Conselho da Cidade, foi discutido em quatro reuniões e uma audiência pública, realizada no Clube Português. O Conselho, por votação, se posicionou favoravelmente. Foram incorporados ajustes e aperfeiçoamentos ao Projeto, para encaminhamento ao Poder Legislativo Municipal. Durante 42 dias, o Projeto de Lei foi discutido em outra audiência pública e em quatro comissões temáticas, todas concluindo os pareceres favoráveis que habilitaram o processo de votação em plenário.

Com a sanção da Lei 18.138/2015, o Recife dispõe de uma legislação que aplica importantes princípios de qualidade urbana e ambiental, priorizando os espaços públicos (parques, calçadas, ciclovias), eliminando muros e grades, adotando comércio e serviços no térreo de todos os edifícios, reduzindo e graduando a altura no entorno das áreas de proteção histórico-ambiental e determinando práticas construtivas sustentáveis. Será um instrumento necessário para o desafio da revitalização e requalificação de uma área central e estratégica para a cidade e seus cidadãos.

LEIA MAIS
Secretária de Meio Ambiente do Recife diz que mudanças no projeto Novo Recife são "avanço enorme"
Projeto que autoriza construção do “Novo Recife” foi aprovado sob protestos e sancionado por email
Integrantes do Ocupe Estelita protestam em frente à Câmara de Vereadores do Recife contra a aprovação da PL 08/2015
Em votação surpresa, Câmara de Vereadores do Recife aprova plano urbanístico para área do Cais José Estelita

Mais Lidas