IGUALDADE

Na Semana do Amor Igual, UFPE lança política para comunidade universitária LGBT

Um dos objetivos principais é reduzir as taxas de retenção e evasão escolar

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 11/05/2015 às 15:41
Leitura:
Foto: Reprodução / Internet


A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) lança, nesta segunda-feira (11), uma política específica para a comunidade LGBT. Um dos objetivos principais é reduzir as taxas de retenção e evasão escolar das pessoas transsexuais, transgêneros e travestis, além de minimizar os efeitos das desigualdades sociais e regionais desta população.

A solenidade que marca o lançamento faz parte da Semana do Amor Igual, organizada por diversas entidades, como o Ministério Público de Pernambuco. O reitor da UFPE, Anísio Brasileiro, explica que, na prática, vão ser favorecidos o acolhimento, a inserção e a permanência da comunidade LGBT na Universidade, inclusive com a criação da Diretoria de Assuntos LGBT. O reitor também fala sobre a campanha "Na UFPE ninguém precisa ficar no armário" e sobre a utilização do nome social e do uso do banheiro público por trans:

Mais Lidas