MEMÓRIA

Após um ano do crime, missa lembra médico Artur Eugênio no Recife

Familiares e amigos participam da celebração religiosa

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 12/05/2015 às 21:10
Leitura:
Familiares e amigos participam da missa que lembra um ano da morte do médico Artur Eugênio Foto: Elen Carvalho / Rádio Jornal

Na noite desta terça-feira (12), a Igreja de Nossa Senhora de Fátima, na Praça Chora Menino, na Boa Vista, área central do Recife, sediou uma missa dedicada à memória do médico Artur Eugênio, que faleceu há um ano. Ele foi encontrado morto, em maio do ano passado, na BR-101, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife. Familiares e amigos participam da celebração religiosa.

Durante as investigações, a polícia concluiu que o mandante do crime foi o cirurgião Cláudio Amaro Gomes, com quem Artur já tinha trabalhado. O filho dele, Cláudio Amaro Gomes Júnior, é acusado de ter participado do assassinato. Jailson Duarte César e Lyferson Barbosa da Silva também foram indiciados e são acusados de serem executores do crime.

Mais Lidas