MÃES E BEBÊS

Hospital Agamenon Magalhães pede doações de leite materno para alimentar bebês prematuros

A quantidade disponível no banco de leite abastecerá crianças por menos de 4 dias. O hospital disponibiliza serviço de busca do leite nas casas das doadoras

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 13/05/2015 às 11:03
Leitura:
Atualmente, o estoque está em nível crítico. Foto: Lélia Perlim/Rádio Jornal


O Banco de Leite do Hospital Agamenon Magalhães (HAM) convoca as mães que produzem leite em excesso para doar à unidade, que fornece o alimento para os bebês internados na UTI, na UCI e no alojamento Canguru. A quantidade necessária para alimentar os bebês seria de 40 a 60 litros, porém, restam pouco menos 20 litros, suficiente para menos de quatro dias.

O leite materno é essencial para os bebês por conter anticorpos e fatores de proteção contra doenças, além de ajudar no crescimento das crianças que nasceram prematuros e com baixo peso. Saiba mais na reportagem de Lélia Perlim:

As mães interessadas, que morem na Região Metropolitana do Recife (RMR), podem ligar para o número 3184.1690 para fazer o agendamento da doação e ter toda a orientação sobre o processo e os cuidados de higiene. Uma equipe do HAM vai até a casa da doadora levar os potes para coleta, se necessário, e para buscar o alimento. Para fazer a retirada do leite, a indicação é que a mãe use um lenço para proteger a boca e a cabeça, além de higienizar as mãos antes de iniciar o processo.

Foto: reprodução/internet


O produto deve ser armazenado em potes de vidro com tampa de plástico, como os de maionese ou café. Para higienizá-los, deve-se colocar água no fogo e, quando começar a ferver, adicionar os potes. Eles devem ser retirados de 15 a 20 minutos depois. O papel que vem na parte interna da tampa precisa ser retirado antes de todo o processo.

Mais Lidas