OPERAÇÃO GUARANY

Polícia Federal prende líderes de quadrilha de tráfico internacional de drogas que agia no Recife

Com o grupo foram sete aparelhos celulares, três veículos, duas motos, R$ 2.600, cartões de banco e agendas com a movimentação financeira. Em março, membros deste grupo já haviam sido presos.

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/05/2015 às 10:01
Leitura:
Foto: Divulgação / Polícia Federal


A Polícia Federal em Pernambuco prendeu três homens suseitos de envolvimento em tráfco internacional de droga. As prisões aconteceram durante a Operação Guarany, que investigava as ações desde janeiro.

O empresário Gilberto Guaraná da Silva Ferreira, de 36 anos, é suspeito de ser o líder de uma quadrinha que adquiria maconha e pasta base de cocaína no Paraguai e realizar a destribuição aqui no Estado. Além dele, foram presos Maurício Florentino Mendes Filho e Amaro André Soares de Siqueira, considerados o gerente e o braço operacional da quadrilha.

Com o grupo foram sete aparelhos celulares, três veículos, duas motos, R$ 2.600, cartões de banco e agendas com a movimentação financeira. Em março, membros deste grupo já haviam sido presos. Na mesma época, um caminhão cujos pneus estavam preenchidos por 95 kg de pasta base de cocaína.

Os suspeitos foram encaminhados para o Centro de Triagem Cotel, em Abreu e Lima. Eles vão responder judicialmente por associação para o crime, tráfico internacional e organização criminosa. Somadas, as enas individuais podem ultrapassar os 30 anos.

Mais Lidas