INCÊNDIO

Dono de fábrica destruída em incêndio em Igarassu acredita em ato criminoso

O incêndio, considerado de grandes proporções, teve início por volta das 2h30 e só foi controlado por volta das 10h. O fogo não deixou feridos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/05/2015 às 14:04
Leitura:
Foto: Reprodução / Internet


O trabalho de rescaldo realizado pelo Corpo de Bombeiros em uma fábrica de estofados na Avenida Arlindo Monteiro, em Igarassu, no Grande Recife, foi finalizado por volta das 12h desta sexta-feira (15). O incêndio, considerado de grandes proporções, teve início por volta das 2h30 e só foi controlado por volta das 10h. O fogo não deixou feridos.

Quatro viaturas da brigada de incêndio foram enviadas ao local para conter as chamas que chegaram a cerca de 20m de altura e se propagaram com rapidez por causa de materiais inflamáveis, como detalha o sargento do Corpo de Bombeiros, Robson Oliveira:

A corporação também informou que o fogo atingiu todo o imóvel, que tem dois pavimentos e um depósito na parte de trás. Até às 10h, cerca de 50 mil litros de água já tinham sido utilizados no combate às chamas.

A Defesa Civil de Igarassu deve ir ao local ainda nesta sexta para avaliar a estrutura da fábrica. O laudo com a causa do incêndio deve sair em até 30 dias.

Mais Lidas