COMPORTAMENTO

Seja para expressar a sexualidade ou pela profissão, conheça a história de homens que se vestem de mulher

Clarissa Siqueira conversa com especialistas para esclarecer as diferenças entre travestis, transexuais, crossdressing, drag queen e outros termos

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/05/2015 às 9:59
Leitura:
A personagem Thânya Tulmuto, interpretada pelo ator e empresário Rafael Silva, já existe há mais de 10 anos e anima festas e eventos de todas as grandezas. Foto: Arquivo pessoal


O tema do programa Comportamento desta semana foi homens que se vestem de mulher, seja por uma escolha pessoal ou profissional, independente da expressão sexual. Você conhece ou já ouviu falar de algum ator que interpreta uma personagem feminina? É muito comum, não é? Durante o programa, também conversamos sobre as diferenças entre travestis, transexuais, crossdressing, drag queen e outros termos que ainda não são tão conhecidos pela população em geral.

Como se comportam os homens que sempre fazem personagens femininos? Você sabia que, no início do teatro, as mulheres eram proibidas de atuar e os homens interpretavam os papeis masculinos e femininos? Para abordar o tema, Clarissa Siqueira conversou com o psicólogo e professor da UFPE, Sylvio Ferreira, o historiador e doutorando em Sociologia, André Maranhão e o empresário Rafael Silva, que interpreta a drag quenn Thânya Tumulto. Ouça o programa na íntegra nos áudios abaixo:

Durante o programa, conversamos ainda com o repórter da Rádio Jornal em Brasília, Romualdo de Souza, que é especialista em café, sobre dia nacional da bebida e Dia do Barista, comemorados em 24 de maio.

Na coluna "Meus amores da televisão", Rafael Souza traz um levantamento das principais personagens femininas interpretadas por homens nas novelas e seriados. Já na coluna "Muito prazer", a sexóloga Silvana Melo fala homens, hetero e homesexuais, que sentem fetiche em vestir roupas categorizadas como femininas.

Mais Lidas