DIVERSIDADE

Situação dos 20 mil ciganos que vivem em Pernambuco é discutida em audiência na Alepe

Ciganos denunciam dificuldades no acesso a políticas públicas. Agentes de saúde negam atendimento, por exemplo

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 26/05/2015 às 15:07
Leitura:
Foto: Lélia Perlim / Rádio Jornal


A situação dos ciganos foi discutida em audiência pública realizada, nesta terça-feira (26), pela Comissão de Cidadania, Direitos Humanos e Participação Popular da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

Pernambuco tem uma população de aproximadamente 20 mil ciganos distribuídos em 26 comunidades. Eles enfrentam uma série de dificuldades, como no acesso a políticas públicas e saneamento. Eles denunciam que alguns agentes de saúde se negam a realizar atendimento nas comunidades ciganas, por exemplo.

Os ciganos estão em Pernambuco desde 1675. O evento também lembra o Dia Nacional do Cigano, celebrado no 24 de maio. Participaram da audiência representantes da Secretaria de Meio Ambiente, da Saúde, da Mulher e do Ministério Público de Pernambuco.

Mais Lidas