POLÍCIA FEDERAL

Italiano procurado há mais de vinte anos é transferido para Brasília

Ao chegar em Brasília, Pasquale ficará na carceragem da Polícia Federal à disposição do Supremo Tribunal Federal, que junto com o governo italiano, vai tratar do processo de extradição

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/05/2015 às 11:52
Leitura:

O italiano Pasquale Scotti, integrante da máfia italiana procurado há mais de vinte anos pela polícia, foi identificado na terça-feira (26) e decolou no começo da manhã para Brasília.

O chefe de comunicação da Polícia Federal de Pernambuco, Giovani Santoro, falou sobre os tramites que pelos quais o preso passará até ser extratidado para a Itália, seu país de origem.

Segundo Santoro, ao chegar em Brasília, Pasquale ficará na carceragem da Polícia Federal à disposição do Supremo Tribunal Federal, que junto com o governo italiano, vai tratar do processo de extradição, onde responderá pelos crimes cometidos.

Pasquale Scotti vivia em Recife há mais de vinte anos. Ele era casado, tinha dois filhos e era proprietário de duas empresas. Esta é considerada uma das prisões mais importantes registradas pela Interpol no Brasil.

Confira matéria completa na voz de Rafael Carneiro, para a Rádio Jornal:

Mais Lidas