VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Jovem é morta a facadas pelo marido após suposta traição

Após esfaquear Kautiele Araújo de Queiroz em via pública, Wellington Tabosa Nascimento da Silva se entregou em um posto da Polícia Rodoviária

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 27/05/2015 às 10:47
Leitura:

Mais uma mulher. Mais uma vítima da violência doméstica e sexista em Pernambuco. Kautiele Araújo de Queiroz, de 28 anos, foi assassinada a facadas pelo marido Wellington Tabosa Nascimento da Silva, de 31 anos, engordando as estatísticas dos crimes conhecidos como feminicídio.

De acordo com a Polícia, Kautiele foi assassinada na Rua Santa Leopoldina, no bairro do Ibura, em um crime motivado por uma suspeita de traição. Eles estariam se separando e o marido não aceitava o suposto envolvimento da mulher com um primo.

Após o assassinato, Welligton fugiu do local, em direção à cidade de Itamaracá. No caminho, ele teria parado em um posto da Polícia Militar Rodoviária (BPRV), onde confessou o crime.

Depois da denúncia do crime ser apurada, Welligton Tabosa Nascimento da Silva foi preso e encaminhado ao Centro de Triagem em Abreu e Lima, Cotel. O corpo de Kautiele Araújo de Queiroz está no Instituto de Medicina Legal (IML).

Mais Lidas