Polícia Federal investiga se mafioso italiano recebeu apoio da Camorra

A PF também investiga se as empresas nas quais trabalhou serviam para lavagem de dinheiro do grupo napolitano

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 28/05/2015 às 15:20
Leitura:
Foto: Divulgação/Polícia Federal


A Polícia Federal investiga se o mafioso italiano Pasquale Scotti recebeu apoio da Camorra enquanto esteve no Brasil e se as empresas nas quais trabalhou serviam para lavagem de dinheiro do grupo napolitano.

O italiano foi preso na última terça-feira (26), em operação da Polícia Federal e Interpol, acusado de 26 homicídios. Ele estava foragido há 31 anos e desde 1987 vivia no Recife.

Ele foi transferido nesta quarta-feira (27) para Brasília. No Recife, o italiano era um dos sócios da casa “Sampa Night Club”, uma das mais tradicionais boates de luxo da cidade, localizada em Boa Viagem.

Mais Lidas