TRANSPORTE

Em tarde de paralisações, muitos carros nas ruas, poucos ônibus e muita gente nas paradas

Assim como foi durante a manhã, os ônibus não circulam no Grande Recife. Quem saiu de casa precisa ter paciência

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 29/05/2015 às 14:45
Leitura:
Foto: Pedro Souza / Rádio Jornal


Após o caos na manhã desta sexta-feira (29) com a paralisação de metroviários e rodoviários, a situação não é nada diferente durante a tarde. Com a falta de ônibus, muitas pessoas tiveram que tirar os carros de casa, aumentando o número de engarrafamentos nas ruas. Por volta das 14h, o trânsito era intenso na Avenida Agamenon Magalhães, por exemplo. Com a população já avisada, muitas paradas estavam vazias e os coletivos que circulam são pouquíssimos.

Na Praça do Derby, local por onde passam ônibus que vão pra Zona Sul e pra Zona Oeste da cidade, cerca de 50 pessoas aguardavam coletivos há mais de meia hora.

Procurado pela Rádio Jornal, o Grande Recife Consórcio de Transporte, responsável pelo transporte público por ônibus da Região Metropolitana do Recife informa que não recebeu aviso prévio. O órgão promete acionar o Ministério Público, já que a legislação obriga a disponibilidade de 30% de serviços em casos de greve.

A adesão faz parte do Dia Nacional de Paralisação contra o projeto de lei 4.330, que está em tramitação no Senado e visa regulamentar e ampliar a terceirização.O movimento também vai contra as medidas provisórias 664 e 665, que regulam o acesso a benefícios previdenciários, seguro desemprego e abono salarial.

LEIA MAIS
Bancos param e comércio do Centro do Recife sofre com paralisação no transporte público
Sindicato dos Rodoviários decide que ônibus da Região Metropolitana só voltam a circular no sábado
Sem ônibus, moradores da Região Metropolitana sofrem para sair de casa nesta sexta-feira

Mais Lidas