INVESTIGAÇÕES

Polícia aponta estudantes como os principais suspeitos pela morte do professor Betinho

As digitais dos estudantes foram encontradas em um ventilador e um ferro elétrico, instrumentos utilizados para matar o professor

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 02/06/2015 às 14:11
Leitura:
Foto: Reprodução / Facebook



As investigações do delegado Alfredo Jorge, responsável pelo caso da morte do professor José Bernardino da Silva Filho, de 49 anos, apontam que dois alunos do colégio Agnes são os suspeitos de assassinar Betinho. O trabalho, conduzido pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), e a análise das impressões digitais feitas por peritos do Instituto de Identificação Tavares Buril levaram a polícia aos prováveis nomes dos suspeitos.

De acordo com o irmão da vítima, Sílvio Pereira, o delegado Alfredo Jorge já afirmou ter desvendado todo o crime.

As digitais dos estudantes foram encontradas em um ventilador e um ferro elétrico, instrumentos utilizados para matar o professor. O corpo de Betinho foi encontrado no apartamento dele, no bairro da Boa Vista, no dia 16 de maio, mas, provavelmente, o crime foi cometido dois dias antes.

Os alunos já prestaram depoimento e negaram envolvimento com o crime, mas vão ser intimados novamente para fornecer outras informações.

Apesar da polícia já saber quem matou Betinho e ter provas contra os suspeitos, o caso não foi concluído porque os investigadores não conseguiram descobrir o que motivou o crime. O delegado Alfredo Jorge ainda não se pronunciou sobre o caso.

Mais Lidas