VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Após quase um mês, polícia não tem pistas sobre mulher desaparecida em Garanhuns

O principal suspeito é o ex-marido, que não aceitava o fim da relação e havia agredido a ex-esposa em janeiro. Ele está foragido

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 08/06/2015 às 6:13
Leitura:

A polícia segue sem pistas do paradeiro de Patrícia Pereira da Silva, de 31 anos. Ela foi vista pela última vez em 18 de maio, há quase um mês, em uma parada de ônibus na Cohab Dois, em Garanhuns. O principal suspeito pelo sumiço dela é o ex-marido, o caminhoneiro José Claudio Marques de Siqueira, de 40 anos, que está foragido.

Patrícia tinha encerrado um relacionamento de 10 anos com ele, que chegou a ser detido pela polícia em janeiro, após uma discussão com a ex-mulher.

A delegada responsável pelo caso, Débora Bandeira, fala sobre as investigações:

Mais Lidas