CRIME

Criança assassinada com requintes de crueldade por irmão do padrastro é enterrada em Glória do Goitá

A mãe do garoto fugiu quando viu o cunhado chegando e o marido dela já havia saído para chamar a polícia novamente

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 08/06/2015 às 15:55
Leitura:

Foi enterrado nesta segunda-feira, sob muita comoção, o corpo de uma criança de oito anos brutalmente assassinada nesse domingo (7), no distrito de Apoti, em Glória do Goitá, na Mata Norte do Estado. O suspeito de cometer o crime é Adriano Batista dos Anjos, de 20 anos, irmão do padrasto da vítima. Gabriel Paulino dos Santos estava sozinho em casa quando foi surpreendido pelo suspeito, que chegou e matou o garoto com vários golpes de faca.

O padrasto da vítima, Heleno Batista dos Anjos, de 25 anos, procurou a polícia na última quinta-feira (4), para dizer que estava sendo ameaçado de morte pelo irmão. A polícia chegou a fazer rondas em busca de Adriano Batista, mas não o localizou. No domingo, o suspeito foi até a casa do irmão e, como não o encontrou, matou a criança.

Adriano foi preso em flagrante, confessou o crime e afirmou não se arrepender do que fez.

Gabriel sofreu cortes de faca no rosto, pescoço e abdômen. De acordo com a polícia, a criança teve o intestino arrancado pelas mãos de Adriano. O corpo do menino foi encontrado por vizinhos, que viram sangue espalhado próximo à residência. A mãe do garoto fugiu quando viu o cunhado chegando e o marido dela já havia saído para chamar a polícia novamente.

O suspeito foi detido por populares nas imediações da casa da vítima e a polícia, que já estava a caminho, efetuou a prisão em flagrante. O padrasto da criança disse não saber o motivo do irmão querer matá-lo.

Em entrevista à TV Jornal, a professora da escola que Gabriel estudava, Maria das Graças, contou que as pessoas sabiam que o garoto sofria agressões em casa.

Adriano Batista dos Anjos vai responder por homicídio quadruplamente qualificado e ocultação de cadáver. O suspeito foi encaminhado para o presídio de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. Ele já foi preso antes, cumpria pena por roubo e havia saído da prisão há menos de um mês.

LEIA MAIS
Homem mata criança de 8 anos a facadas por vingança em Glória do Goitá

Mais Lidas