GOVERNO

Investimentos em Pernambuco vão incluir Arco Metropolitano e duplicação da BR-232, diz ministro

Também estão previstos investimentos em Suape. O Aeroporto Internacional dos Guararapes ficou para 2016

Da Rádio Jornal; atualizada às 18h32
Da Rádio Jornal; atualizada às 18h32
Publicado em 09/06/2015 às 11:34
Leitura:

O ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, anuncipou, na manhã desta terça-feira (9), os projetos da infraestrutura que serão contemplados na do País na nova etapa do Programa de Investimento em Logística (PIL). A estimativa é de que em todo País, quase R$ 200 bilhões sejam investidos em rodovias, ferrovias, portos e aeroportos.

Em Pernambuco, dois projetos rodoviários e três portuários estão no pacote de concessões. O Arco Metropolitano, que comporta o perímetro pernambucano da BR-232 e da BR-101, e a duplicação da BR-232, até o município de Arcoverde, no Sertão do Estado. O Aeroporto Internacional dos Guararapes ficou para a primeira fase de 2016.

Além de investimentos nas rodovias, investimentos portuários são esperados em Suape, como terminais de grãos, minérios e contêineres. O Ministro afirmou, ainda, que o Aeroporto do Recife não será beneficiado desta vez, mas deve entrar na próxima rodada de projetos, em 2016.

Na coluna Economia e Negócios, desta terça-feira (9), o economista Ecio Costa repercute o impacto do anúncio para Pernambuco:



Com o anúncio, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, disse que os engarrafamentos na BR serão, em breve, coisas do passado. O própri governador reconheceu que situação atualmente é catastrófica:

Mais Lidas