PROTESTOS

Paralisação dos servidores administrativos de Pernambuco também afeta serviços no IML

Após acordo, policiais civis do IML voltaram a trabalhar na tarde desta quarta. No entanto, paralisação dos servidores administrativos afeta serviço

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/06/2015 às 14:25
Leitura:
Foto: Igo Bione / acervo JC Imagem


Os policiais civis que trabalham no Instituto de Medicina Legal (IML) de Pernambuco voltaram a trabalhar na tarde desta quarta-feira (10) depois de paralisação pela manhã. A categoria faz paralisação de 48 horas, mas, em acordo com o Governo do Estado, foi decidido que os profissionais que trabalham no IML não cruzariam os braços.

No entanto, os servidores administrativos de Pernambuco também realizam paralisação de 24h, afetando os serviços no IML. Apenas 30% dos servidores estão trabalhando no setor. A liberação de corpos e a emissão de laudos estão afetados. Desde às 12h, apenas dois corpos haviam sido liberados. Pela manhã, nenhum. O serviço deve voltar ao normal nesta quinta (11):

Mais Lidas