SÉRIE

Principal desafio do vestibular cidadão é reverter taxa de evasão de estudantes

Ouça terceira e última reportagem da série Passaporte Ensino Superior

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 10/06/2015 às 13:50
Leitura:
Foto: Diego Nigro / JC Imagem


Com 40% em média de taxa de aprovação, as iniciativas consideradas projetos de extensão das universidades necessitam de ajustes. Vestibular Cidadão, Portal, Grupo de Apoio Preparatório e Iburão são alguns dos cursinhos gratuitos que contam com graduandos.

Um dos principais desafios é reverter a evasão – fenômeno semelhante ao que acontece tanto na educação básica quanto ensino superior.

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a maior instituição de ensino superior do Estado, mantém parcerias com esses projetos. O apoio institucional vem principalmente por meio de bolsas para os monitores e a impressão de material didático. O atual reitor da UFPE, Anísio Brasileiro, argumenta que os cursinhos gratuitos com professores “estudantes” atingem outros objetivos:

Colaborar com o acesso de estudantes da rede pública é uma atitude coerente com a necessidade de melhorar os números do Ensino Superior. No entanto, o poder público tem que cumprir a responsabilidade constitucional e investir na educação básica.

LEIA MAIS
Conheça as experiências que envolvem universitários e estudantes da rede pública
Protagonismo de universitários facilita acesso de alunos de baixa renda ao ensino superior

Mais Lidas