RMR

Grávida é assassinada após visitar presídio em Igarassu

A mulher, de 22 anos, tinha visitado o pai e voltava para casa em uma kombi, quando foi atingida pelo disparo de um homem de moto

Da Rádio Jornal; atualizada às 14h50
Da Rádio Jornal; atualizada às 14h50
Publicado em 15/06/2015 às 11:26
Leitura:

Os familiares da mulher grávida assassinada nesse domingo (14) após sair do presídio de Igarassu aguardam a liberação do corpo no Instituto Médico Legal na manhã desta segunda-feira (15).

Mesmo com o pai e o marido preso, a mulher, de 22 anos, era aconselhada por familiares a não ir ao presídio. Ela foi morta por um tiro disparado por um homem de moto, que atingiu a vítima dentro de uma Kombi, quando voltava para casa. Segundo uma parente da vítima, o crime teria ocorrido após uma discussão com o chaveiro e auxiliar do presídio.

Confira matéria de Rafael Carneiro, para a Rádio Jornal:

A Secretaria de Ressocialização (Seres) está apurando as circunstâncias da visita da vítima à unidade prisional. Além da Seres, um delegado especial do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa vai assumir o caso. Um laudo tanatoscópico está sendo produzido pelo IML. O enterro da mulher deve acontecer nesta terça-feira (16), às 15h.

Mais Lidas