MOBILIZAÇÃO

Estudantes realizam protesto pela segurança no transporte público após segunda morte em um mês

Sentimento é de medo e revolta entre os colegas de Harlynton Santos, que morreu nessa terça-feira após ser arremessado contra grade de terminal

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 17/06/2015 às 10:15
Leitura:

Após a morte do estudante de biologia da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), Harlynton Santos, alunos da instituição preparam manifestações em protesto pela segurança do transporte público. Integrantes do movimento pedem que o governo se pronuncie sobre os casos de morte recentes em transportes coletivos.

Pela manhã e à tarde, integrantes do movimento frente de luta pelo transporte público vão passar nas salas e nos espaços públicos informando sobre o protesto, que deve acontecer em frente ao prédio de biologia do campus Recife. O ato está marcado para começar às 18h.

Harylton Santos, de apenas 20 anos, morreu depois de cair de um ônibus da Vera Cruz, enquanto tentava embarcar no Terminal do Cais de Santa Rita. O corpo dele está no Instituto de Medicina Legal (IML) e deve ser liberado ainda na manhã desta quarta-feira.

Há um mês, a estudante de biomedicina da Universidade Federal de Pernambuco, Camila Mirele, também morreu depois de cair de um coletivo quando estava voltando da Universidade. Ela foi arremessada para fora do ônibus depois que as portas dianteiras do coletivo se abriram nas imediações da casa do estudante da UFPE, na BR-101 Sul.

Mais Lidas