SÉRIE

A consolidação da Rota dos Coqueiros e os projetos sociais na via

Na segunda reportagem da série “Rota dos Coqueiros cinco anos depois”, os detalhes do dia-a-dia da estrada pedagiada

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 18/06/2015 às 18:10
Leitura:
Foto: Reprodução / Divulgação


Vinte e uma câmeras monitoram em tempo real os 6,2 km da Rota dos Coqueiros e as informações são repassadas às equipes do serviço de auxílio ao usuário. Neste período, foram 6.167 atendimentos, um número bem menor se comparado às ocorrências registradas em rodovias federais.

Cerca de 185 mil veículos circulam todos os meses pelo sistema viário do Paiva, que cobra pedágio que varia de R$ 2,50 para motocicleta ou motoneta de segunda a sexta e R$ 5 para veículos simples no mesmo período. Caminhões com semi-reboque ou reboque pagam R$ 45,60 nos finais de semana.

A Rota dos Coqueiros informa que são gastos R$ 56 mil por mês com manutenção e paisagismo do local considerado por muitos um novo cartão postal do estado. Ouça na segunda reportagem da série “Rota dos Coqueiros 5 Anos Depois” os detalhes do dia-a-dia da estrada pedagiada que tem a nota próxima a nove na avaliação dos motoristas:



E na terceira e última reportagem, a eterna polêmica: o preço do pedágio.

LEIA MAIS
Rota dos Coqueiros cinco anos depois, o que mudou com a via pedagiada que dá acesso ao Porto de Suape

Mais Lidas