POLÍCIA

Família de Maria Alice acredita que jovem tenha sido assassinada pelo padrasto durante sequestro

Gildo Xavier, padrasto de Maria Alice Arruda Seabra, teria feito contato com a polícia na manhã desta terça-feira dizendo que havia deixado a garota em Goiana

Da Rádio Jornal, atualizada às 17h
Da Rádio Jornal, atualizada às 17h
Publicado em 23/06/2015 às 9:05
Leitura:
Foto: reprodução/facebook


A família de Maria Alice Arruda Seabra, de 19 anos, está desolada com a possibilidade da jovem de 19 anos ter sido assassinada pelo padrasto. A mãe da garota, Maria José de Arruda, está no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa e foi orientada a não falar com a imprensa. Às 14h40 eles deixaram a sede da polícia.



O tio de Maria Alice conversou com o repórter da Rádio Jornal, Rafael Carneiro e disse que acredita que "algo horrível" aconteceu à sobrinha.

A jovem saiu de casa na Estância na última sexta-feira (19) para ir a um escritório na Ilha do Leite na companhia de Gildo Xavier, de 34 anos. O mestre de obras estaria intermediando uma vaga numa construtora para a cidade de Gravatá, no Agreste. Sem informações do paradeiro dos dois, a mãe ligou para o companheiro e teve uma resposta ríspida. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que já ouviu a Maria José, e está realizando buscas no local.

O jornalista do Jornal do Commercio, Felipe Vieira, informou à Rádio Jornal que as diligências acontecem a cerca de 300 metros da BR-101, em um canavial na altura de Goiana. De acordo com a polícia, Gildo Xavier teria deixado a jovem no local na última sexta-feira, após brigar com ela e não sentir reação da vítima. Ele teria conversado com a delegada e prometido se entregar ainda nessa terça (23).

Maria José Seabra afirma que o companheiro foi autor de agressões inclusive contra a jovem de 19 anos:

Na manhã dessa terça-feira, o principal suspeito teria entrado em contato com a delegada Gleide Ângelo dizendo que estava em Goiana. Na noite dessa segunda-feira, uma mensagem foi postada na foto de Gildo no facebok, na qual ele afirma ter realizado um ato de revolta e dizendo que a esposa nunca vai perdoá-lo. A família de Maria Alice está desesperada.

Foto: reprodução/facebook pessoal


Quem tiver informações sobre Maria Alice Arruda Seabra deve ligar para o Disque Denúncia no 3421-9595. A delegada responsável pelas investigações, Gleide Ângelo, afirma quais são os encaminhamentos:

Mais Lidas