Tradicionais no São João, as fogueiras unem os festejos católicos e as homenagens a Xangô

Bastante procuradas na véspera de São João, as fogueiras variam de R$ 20 a R$ 30 de acordo com o tamanho

SINCRETISMO

Da Rádio Jornal

Foto ilustrativa. Imagem: reprodução/internet


As fogueiras, um dos símbolos da noite de São João, estão sendo bastante procuradas na Região Metropolitana do Recife nesta terça-feira (23), véspera de feriado. Os tamanhos são diversos e os preços variam de R$ 20 a R$ 30. O fogo tem significados diferentes para católicos e seguidores de religiões de matriz africanas.

O momento é uma oportunidade de renda extra para o vigilante Antônio Martins, que está vendendo a lenha na Avenida José dos Anjos, no Arruda, na Zona Norte do Recife. Saiba mais na reportagem de Lélia Perlim:

[uolmais_audio 15515343]

Segundo a tradição católica, a fogueira tem origem em um trato feito entre as primas Isabel, que é mãe de São João, e Maria, mãe de Jesus Cristo. Isabel pediu para acender uma fogueira no alto de um monte para avisar a Maria que João havia nascido.

Para o engenheiro Raurio Bacalhau, os preços estão razoáveis, o que ajuda a manter as tradições."Dá para a gente fazer a brincadeira em casa e aproveitar o espírito junino", diz.

Esta noite também é uma tradição para as religiões brasileiras de matriz africanas. O mês de junho é devotado a Xangô, deus do fogo, dos trovões, raios e da justiça. A yalorixá Célia de Oliveira diz que não pode deixar de acender a fogueira em homenagem ao orixá.

Para que a noite de São João corra bem, é preciso ter cuidado com o acendimento das fogueiras. O ideial é manter uma distância mínima de 20 metros de qualquer área contruída e da rede elétrica. Também não é recomendado usar pneus e derivados na hora da queima. O chefe do setor de queimados, Marcos Barreto, explica os riscos:

 

TAGS

COMENTÁRIOS

Os comentários abaixo são de responsabilidade dos respectivos perfis do facebook.

CONTINUE LENDO