DIRETO DE BRASÍLIA

Líderes da oposição e do PT no Senado se dizem a favor do fim da reeleição

A votação ainda não saiu da câmara, mas já preocupa alguns líderes do governo

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 25/06/2015 às 8:44
Leitura:

Com a aprovação, ainda no primeiro turno na câmara, do fim da reeleição para presidente, governadores e prefeitos, alguns políticos começam a se movimentar para barrar a medida de passar nas próximas etapas.

O Presidente do Senado, Renan Calheiros, reuniu políticos e integrantes do poder judiciário em sua casa, entre eles o Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Ministro Dias Tofolli, que falou sobre os supostos malefícios que a decisão teria, tentando convencer o senado a votar contra a medida.

Um dos argumentos usados pelo ministro é de que a democracia brasileira é jovem, que as regras políticas mudam constantemente e que o País ainda não sentiu os efeitos da reeleição. Segundo o ministro, pelo menos a reeleição para Presidente deveria ser mantida.

O líder do Democratas, Senador Ronaldo Caiado, de Goiás, destacou que o Brasil deformou a reeleição depois que o Partido dos Trabalhadores entrou no poder. O Senador Humberto Costa, líder do Partido dos Trabalhadores, também se posicionou contra a reeleição. O deputado Mendonça Filho, que em 1997 apresentou a proposta da reeleição, se posicionou contra o fim da reeleição, afirmando que ela não foi suficientemente testada.

Confira o comentário diário de Romoaldo de Souza, repórter da Rádio Jornal em Brasília, publicado no Redator de Plantão desta quinta-feira (25). O programa é transmitido da segunda ao sábado, das 6h às 6h45:

Mais Lidas