COPA AMÉRICA

Argentina massacra o Paraguai em Concepción e está na final da Copa América

Seleção de Messi enfrenta o Chile no próximo sábado

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 30/06/2015 às 22:44
Leitura:

A seleção de Evita Perón só faltou destruir o time de Fernando Lugo na noite desta terça-feira (30), no Estádio Ester Roa, na cidade chilena de Concepción. Argentina e Paraguai se confrontaram, cada um tendo como objetivo encarar o anfitrião na final que acontece no próximo sábado, 4 de julho, em Santiago. Com o resultado mais do que satisfatório de 5 a 1, os nossos vizinhos do Rio da Prata garantiram com tranquilidade o seu lugar no último jogo da Copa América, deixando o adversário na disputa pela terceira colocação contra o Peru.

Os paraguaios começaram bem e quase fizeram um gol aos seis minutos de jogo. Mesmo assim, o time da presidente Cristina Kirchner dominava a partida. Já no décimo quarto minuto, Marcos Rojo abriu o placar. O lateral estava posicionado no centro da pequena área e soube desviar a bola levantada pelo capitão Messi numa cobrança de falta. E, aos 26, Pastore fez a rede paraguaia balançar de novo com o auxílio de Messi. O craque do Barcelona deu um passe na intermediária para o meio-campista avançar e finalizar. No final do primeiro tempo, porém, veio a reação da equipe que perdia. A defesa argentina fez um lançamento que o atacante Valdez desviou de cabeça. A bola chegou aos pés do atacante Lucas Barrios, que marcou um golaço.

A alegria dos paraguaios durou pouco. Com apenas seis minutos de segundo tempo, a diferença subiu para 4 a 1. Tudo por causa de Di María. No primeiro minuto, em contra-ataque a uma forte marcação do adversário, o grupo comandado por Gerardo Martino deixou o meia bem perto do gol. Assim, ele deu um toque com eficiência no canto direito do goleiro Villar. Já no sexto, o lance começou com uma jogada muito boa do craque Messi, que tirou a bola do volante Cáceres na intermediária e, lá na frente, passou por entre as pernas de Valdez. Na pequena área, Lionel tocou para Pastore, que cruzou para Di María marcar novamente.

No entanto, a consagração da goleada chegou nos últimos minutos da partida. Aos 34, depois de uma longa troca de passes, mais uma vez Messi tocou para Di María, que cruzou em bola aérea para Agûero. O atacante cabeceou certeiro para o gol. Somente três minutos depois, outro atacante, Higuaín, recebeu, como sempre, um passe de Messi e chutou com força contra a rede paraguaia.

Ouça os gols narrados por Iran Carvalho:

Mais Lidas