PERIGO

Em meio a alagamentos causados pelas chuvas, população deve ficar atenta ao perigo da leptospirose

A leptospirose pode também aparecer de forma assintomática. Mas, quando vem com sintomas, os primeiros sinais da contaminação se manifestam entre 7 e 10 dias depois do contato com a bactéria

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/07/2015 às 14:12
Leitura:
Foto: Reprodução / Internet


Passados dias de fortes chuvas nos municípios de Pernambuco, o momento é para ficar atento às doenças que o acumulo de água pode causar. As fortes precipitações desta semana colocaram as pessoas em contato direto com águas, que podem estar contaminadas. Neste período, a enfermidade que mais tende a contaminar a população é a leptospirose, transmitida por uma bactéria presente na urina dos ratos.

A doença apresenta sintomas diferentes, dependendo da gravidade, como explica o chefe do setor de Infectologia do Hospital Oswaldo Cruz, Demétrius Montenegro:

A leptospirose pode também aparecer de forma assintomática. Mas, quando vem com sintomas, os primeiros sinais da contaminação se manifestam entre 7 e 10 dias depois do contato com a bactéria. É preciso ficar em alerta porque a forma grave da doença pode ser fatal. Assim, é necessário que a população procure um médico para definir o procedimento adequado para cada caso.

No Recife, os três hospitais de referência no tratamento da leptospirose são o Oswaldo Cruz, no bairro de Santo Amaro, o Otávio de Freitas, em Tejipió, e o Hospital da Restauração, no Derby.

Mais Lidas