CRIME

Integrante de igreja evangélica é preso durante culto sob suspeita de cometer crimes no Agreste e no Grande Recife

Contra Márcio José da Silva, de 34 anos, existiam cinco mandados de prisão por extorsão mediante sequestro, roubo e homicídio

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 01/07/2015 às 14:42
Leitura:
Foto: Reprodução / Facebook


Um auxiliar de pastor da igreja evangélica Assembleia de Deus foi preso durante um culto no bairro de Conceição, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife, nessa terça-feira (30). Contra Márcio José da Silva, de 34 anos, existiam cinco mandados de prisão por extorsão mediante sequestro, roubo e homicídio, praticados em Surubim, no Agreste do Estado, e em Igarassu, no Grande Recife. Os dados da prisão foram divulgados, nesta quarta-feira (1º), na sede do Grupo de Operações Especiais (GOE), no Cordeiro, na Zona Oeste da capital. O chefe das investigações, Cláudio Castro, detalha a ação do suspeito na prática dos crimes.

Nas redes sociais e nas igrejas, o suspeito utilizava o nome de Wendel Fênix e divulgava fotos e vídeos das pregações religiosas. De acordo com a polícia, ele assumiu os crimes.

Além de Márcio, outro integrante da quadrilha já está preso desde 2010. Segundo o delegado do GOE, as investigações continuam na tentativa de tentar identificar os outros dois suspeitos.

Márcio José da Silva será encaminhado para o Cotel, em Abreu e Lima, ainda na tarde desta quarta.

Mais Lidas