ÁREAS DE RISCO

Prefeituras do Grande Recife decretam Estado de alerta por causa das chuvas

No Recife, apenas nas últimas 24 horas, já choveu mais de 118 mm. Nos últimos 10 dias, a chuva acumula 681,4 mm por centímetro cúbico

Da Rádio Jornal, com informações de assessorias
Da Rádio Jornal, com informações de assessorias
Publicado em 04/07/2015 às 14:22
Leitura:
Ruas do Jardim Atlântico em Olinda ficaram completaamente submersas


A pedido da Secretaria-Executiva de Defesa Civil (Sedec), o prefeito Geraldo Julio decretou Estado de Alerta no Recife. Apenas nos últomos 10 dias, o acumulado de chuvas já ultrapassa a marca de 681,4 mm. Somente nas últimas 24 horas, a Sedec registrou um volume de chuva de 118 mm. Esse acumulado é contabilizado apenas quatro dias após a maior chuva dos últimos 29 anos, na última segunda (29), quando em apenas 24 horas choveu 228 mm, o equivalente a 16 dias do mês de junho.

O decreto permite uma maior mobilização das secretarias e dos diversos órgãos da Prefeitura e amplia o contingente de pessoal envolvido nas ações de Defesa e Proteção Civil. Pelo decreto ficam convocados para o alerta máximo os servidores das Secretaria Executiva de Controle Urbano; Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade; Agentes de Saúde Ambiental; Guarda Municipal; e técnicos da Emlurb, Csurb, CTTU, URB, IASC. Integrantes da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos também vão atuar no Plano de Contingência.

A Central de Atendimento da Defesa Civil do Recife já registrou 30 chamados, entre solicitações de lonas plásticas e vistorias. O comandante da Defesa Civil fez um apelo nesta manhã, durante coletiva de imprensa, a todos os moradores de áreas de risco: "sigam para locais seguros".

Em Ipojuca, Prefeitura também decretou Estado de Alerta e está monitorando as áreas de risco. Nas últimas 24h choveu no município 85 mm, foram registrados 15 deslizamentos, incluindo uma queda de barreira na PE-60 e outra na PE-51, que dá acesso à praia de Serrambi, e, apesar do transbordamento do Rio Ipojuca, a situação está sob controle. Não há registro de vítimas.

A equipe técnica está trabalhando para identificação de outros possíveis locais de risco. Caso haja necessidade será realizada a transferência de famílias para casa de parentes ou abrigos. Duas famílias já estão abrigadas.

A Defesa Civil do Ipojuca conta com caminhões, retroescavadeiras, tratores, veículos tipo Kombi e motos. Além do plano emergencial, a prefeitura desenvolve plano permanente de prevenção de danos de chuvas por meio da limpeza de canais, de obras de contenção de encostas, aplicação de gel e lonamento. Além da Defesa Civil, as secretarias de Infraestrutura e Bem Estar Social e da Guarda Municipal também estão de plantão desde a madrugada.

Equipes da defesa civil estão de prontidão no Recife e atendem pelo número 0800 081 3400. Em Olinda, o telefone é o 0800 281 2112. Em Jaboatão, os moradores podem ligar para e 0800 281 2099 e , no Cabo, o telefone é o 0800 281 1531. A Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe), atende pelo 3181-2490.

Mais Lidas