CONSULTÓRIO

Pernambuco no combate à filariose

Em 2014, apenas um caso foi registrado

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 07/07/2015 às 21:56
Leitura:

No Consultório do Rádio Livre desta terça-feira (7), o tema é "Pernambuco no combate à filariose". Em 2014, apenas um caso foi confirmado. A doença, também conhecida como elefantíase, é considerada silenciosa. Em geral, vermes do gênero Vilaria infestam o sangue e os tecidos do corpo. Em boa parte das vítimas, a filariose caracteriza um inchaço nas pernas.

A doença é transmitida pela picada da fêmea do mosquito Culex. No Brasil, a filariose já foi mais intensa, no entanto, o Ministério da Saúde realizou campanhas para a erradicação da doença. Sobre o assunto, a apresentadora Clarissa Siqueira conversou com a bióloga Bárbara Morgana e com o biomédico com Abraham Rocha. Os convidados desenvolvem trabalhos de combate e estudo da filariose.

Ouça o Consultório na íntegra:

Bárbara Morgana destaca que a filariose é considerada endêmica em quatro cidades de Pernambuco: Recife, Olinda, Paulista e Jaboatão dos Guararapes.

Mais Lidas