RMR

Acusado de comandar policiais que obrigaram adolescentes a pular de ponte no Carnaval de 2006 é julgado

O julgamento ocorre nesta terça-feira (14). Um dos adolescentes obrigado a pular da ponte não sabia nadar e morreu

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/07/2015 às 11:18
Leitura:

O júri que decidirá o futuro do Tenente Sebastião Antônio Félix, acusado de comandar uma equipe de policiais que obrigou três adolescentes a pular da Ponte Joaquim Cardoso, nos Coelhos, durante o Carnaval de 2006, causando a morte de um deles por afogamento.

Caso a defesa e a acusação dispensem a ouvida das testemunhas, a espectativa é de que o julgamento conduzido pela Juíza Fernanda Moura, da 1ª Vara do Tribunal do Juri do Recife, encerre ainda nesta terça-feira (14).

O advogado do Tenente, Rafael Fonseca, afirmou que o Ministério Público não conseguiu individualizar as condutas dentro desses nove anos, e que o tenente comandava uma equipe com mais de 100 policiais. Ele afirmou, ainda, não saber como a acusação vai se posicionar em relação ao processo.

Em maio, outros quatro policiais foram julgados, um deles foi absolvido e os outros três condenados a 96 anos de prisão, cada um. O Tenente Sebastião Antônio Félix continua trabalhando na Polícia Militar, em Ouricuri. Os três condenados vão recorrer da sentença em liberdade e outros três policiais militares envolvidos na ação ainda serão julgados. Confira a matéria completa na voz de Lélia Perlim, para a Rádio Jornal:

Mais Lidas