DÓLARES FALSOS

Banco do Brasil tem 30 dias para cumprir exigências feitas pelo Procon Pernambuco

Medida foi depois de denúncia de venda de dólares falsos na unidade do Banco do Brasil da Avenida Rio Branco, na área central do Recife

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/07/2015 às 14:03
Leitura:
Foto: Karoline Albuquerque / Rádio Jornal


Após escândalo relacionado à venda de dólares falsos no Recife, o Banco do Brasil participou de uma audiência de conciliação com o Procon Pernambuco na manhã desta terça-feira (14).

Na reunião, o Procon apresentou um termo de ajustamento de conduta, que propõe alguns ajustes a serem feitos pela instituição financeira. Entre as propostas, está o treinamento de funcionários e medidas de prevenção para que este tipo de problema não se repita. O gerente geral do Procon, Erivaldo Coutinho, detalha as cinco cláusulas apresentadas ao banco:

O Banco do Brasil deve analisar os ajustes solicitados e se pronunciar dentro de um prazo de 15 dias. Se o julgamento ocorrer, o banco pode receber uma multa pecuniária que varia de R$ 300 a R$ 7 milhões. O consumidor pode ter informações do Procon pelo número 0800 282 1512, a ligação é gratuita.

Mais Lidas