DEBATE

Situação da saúde no estado e no Brasil foi tema do debate desta terça

Especialistas discutiram os problemas no SUS, nos planos de saúde, no financiamento e manutenção dos hospitais

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 14/07/2015 às 13:55
Leitura:
Foto: Foto: Reprodução | TV Jornal


O debate da Super Manhã na Rádio Jornal desta terça-feira (14), o comunicador Geraldo Freire conversou com a médica e diretora da Associaçåo de Defesa dos Usuários de Seguros, Planos e Sistemas de Saúde (ADUSEPS), René Patriota, o médico angiologista Leando Araújo e o neurocirurgião Gláucio Veras.

Assuntos como o problema recente no Hospital Oswaldo Cruz e a greve dos servidores do INSS também foram abordados. O Dr. Gláucio Veras entende que o problema não se deve apenas a falta de dinheiro. “O problema é de gestão e de prioridade política”, destacou. Ele acredita também que a grande prioridade da justiça deve ser preservar a vida.

A Dra. René Patriota colocou que a situação Oswaldo Cruz não é de hoje. Lamentou pelas pessoas que precisam fazer tratamento através do serviço público e também citou sobre situações específicas nos contratos de alguns planos de saúde.

Dr. Leandro Araújo pontuou que todo o sistema de saúde, sendo público ou de convênio, apresenta problemas. O sistema de saúde pública, segundo Dr. Leandro, é completamente errado. “Onde um profissional de saúde entra correndo para sair correndo, porque ganha um salário ruim?”, questionou. Ele completou que isso seria um reflexo de um erro que começa no sistema. “Se eu recebesse um salário justo e digno, eu faria questão de entrar no Hospital Oswaldo Cruz, de onde me aposentei, as 7h30 da manha e sair as 17h30, e produzia o dia todo”, afirmou.

Confira o debate na íntegra:

Mais Lidas