DEBATE

A história da inflação e a inflação na história do Brasil e do Mundo

Geraldo Freire conversou com o professor de História Felipe Galindo e os economistas Abelardo Baltar, José Fernandes Menezes e Laércio Queiroz

Da Rádio Jornal
Da Rádio Jornal
Publicado em 15/07/2015 às 21:17
Leitura:
Foto: Luiza Falcão/Rádio Jornal


O Debate desta quarta-feira (15) teve como tema "A história da inflação". O comunicador Geraldo Freire convidou o professor de História Felipe Galindo história Felipe Galindo e os economistas Abelardo Baltar, José Fernandes Menezes e Laércio Queiroz para discutir esse assunto tão conhecido pelos brasileiros.

Entre as curiosidades do programa estão a superinflação registrada na Hungria em 1946, logo após a Segunda Guerra Mundial, quando foi registrada inflação de 195% ao dia, com 12 ordens de magnitude ao ano, algo como 41.900.000.000.000.000% (quase 42 quatrilhões por cento). Os preços de mercadorias básicas para o consumo da população dobravam a cada 15 horas. Também surpreende a inflação do Zimbábue, que chegou a ter 11 dígitos em 2008.

Hoje a expectativa é que o Brasil feche em 9,12% de inflação. De acorco com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), entre 1980 e 1989, a inflação média no país foi de 233,5% ao ano. Na década seguinte, entre os anos de 1990 e 1999, a variação anual subiu para 499,2%.Após quase uma dezena de planos econômicos fracassados, o Plano Real marcou o final do período de instabilidade monetária e altas taxas de inflação, que chegaram a atingir 5.000% ao ano, de julho de 1993 a junho de 1994.

Ouça o Debate na íntegra:

Mais Lidas